Conheça Puerto Varas e a região dos Lagos Andinos chilenos

Conheça Puerto Varas e a região dos Lagos Andinos chilenos

13 de maio de 2022 0 Por Cláudio Lacerda

Puerto Varas é a porta de entrada para quem quer conhecer a região dos Lagos Andinos entre o Chile e a Argentina. Situada no sul do Chile, às margens do Lago Llanquihue e próxima aos vulcões Osorno e Calbuco, essa pequena cidade, assim como Pucón, vem se destacando como um centro de ecoturismo e esportes de aventura.

As atividades mais procuradas nesta região são o rafting no Rio Petrohué, o canyoning no Rio Blanco e o trekking nos vulcões e nos Parques Nacionais Alerce Andino e Vicente Perez Rosales, além de visita aos saltos do Petrohué. A melhor época para conhecer Puerto Varas é no verão, quando as temperaturas estão mais amenas e os dias mais longos, permitindo atividades ao ar livre.

Também nessa época, o passeio de barco pelo Lago Llanquihue pode propiciar belas imagens do Vulcão Osorno, principalmente se o dia estiver ensolarado. Já no inverno, o principal atrativo é a estação de esqui do Vulcão Osorno. À noite, além de bons restaurantes, você pode aproveitar para arriscar algumas fichas no Cassino Dreams Puerto Varas.

Puerto Varas, junto ao Lago Llanquihue e fundada em 1854 por imigrantes alemães, é o melhor local para visitar a belíssima região de lagos e vulcões. Possui boa infraestrutura turística como hotéis, bares e centros comerciais. Nossa dica de hospedagem em Puerto Varas é ficar no tradicional hotel Cabanãs Del Lago, o mais bem estruturado e na "cara do gol", praticamente às margens do Lago Llanquihue e com vista privilegiada do Vulcão Osorno.

Outras atrações bem pertinho de Puerto Varas

Nas proximidades, existem outras cidades bem graciosas, como Frutillar e Puerto Octay. Toda a região é de colonização germânica desde 1850, com a arquitetura das construções de madeira centenárias e bem conservadas.

Cada um dos passeios a Frutillar e Puerto Octay (ao norte) e a Petrohue e ao Parque Nacional Vicente Perez Rosales (na direção oeste, pela estrada para Bariloche, na Argentina) pode ser feito em um dia, com tranquilidade. À noite você estará de volta para jantar em Puerto Varas.

Parque Nacional Vicente Rosales

Fica a 70 km de Puerto Varas pela Ruta 225, direção de Ensenada, depois direção de Petrohué, junto ao Lago de Todos Los Santos. Há ônibus de Puerto Varas até o Parque, mas o carro é mais prático. Há várias trilhas curtas que podem ser percorridas sem dificuldade e que conduzem ao Lago de Todos Los Santos, de linda cor esmeralda, e aos saltos do Rio Petrohué, com o Vulcão Osorno ao fundo. Existem também trilhas para trekking de vários dias. Na região existem bons programas de turismo de aventura, um deles é praticar o rafting com a empresa Alsur Expediciones, que oferece um serviço especializado.

As belezas de Frutillar

É uma encantadora cidadezinha de colonização alemã, com 15 mil habitantes, a 25 km de Puerto Varas, também às margens do Llanquihue. Tanto em Frutillar como às margens da estrada entre as duas cidades, vemos diversas casas em estilo germânico, sempre de madeira e muito graciosas. Algumas são sedes de pequenas propriedades rurais.

Frutillar tem uma das mais belas vistas do lago e do Vulcão Osorno e é um lugar agradável para passear. Sua principal atração é o Museo Colonial Alemán, onde se pode conhecer uma casa em tamanho natural, mobiliada como na época da colonização, com oficinas e até um moinho hidráulico igual aos utilizados pelos primeiros colonizadores (Av. Vicente Perez Rosales, esq. c/ Arturo Prat).

Em Frutillar, comida e arte se unem para uma rica experiência

Outra experiência incrível é realizar um almoço na bem estruturada e colorida Casa Maquis. A propriedade, que fica a 10 minutos da área central de Frutillar, é coordenada por duas mulheres super bem resolvidas psicologicamente. Uma é científica, artista e cozinheira, e a outra gestora cultural, cozinheira e artista da música e de expressões. O local reúne de maneira harmônica cozinha, gastronomia, música, arte e experiências sensoriais.

No local você terá vivencias únicas. Comida produzida no local, incluindo a participação dos visitantes. A cozinha é totalmente sustentável. As idealizadoras são Maqui Cáceres, que abre sua casa junto à musicista Martina Venegas. Na decoração colorida e harmonizada, a cozinha é o ponto de encontro e união de desafios e uma espécie de treinamento, onde através do preparo de comidas os participantes se conhecem melhor, se expressam de maneira coletiva e têm a harmonização das bebidas e de uma música suave.

No quintal da casa, horta e pomar onde se privilegia o contato com a natureza e a harmonia de cores e sabores, enfim uma grata surpresa no sul do Chile. Vale a pena realizar meio dia de experiência nessa casa cenário, espiritual e conceitual. Mais informações em: www.casamaquis.com

Puerto Octay e suas belas casas de madeira

A 50 km de Puerto Varas, na extremidade norte do lago, Puerto Octay é outro povoado fundado por colonos alemães, ainda menor do que Frutillar – sua população é de apenas 10 mil habitantes. A cidade tem o privilégio de oferecer as melhores vistas do lago e dos vulcões Osorno, Pontiagudo (facilmente reconhecível por sua forma) e Calbuco. Além de suas antigas casas de madeira semelhantes às de Frutillar, possui um pequeno museu colonial com objetos, ferramentas e móveis de época.

Rafting com a Alsur Expediciones em Petrohué

A aldeia de Petrohué é minúscula e não tem nada de especial, mas é de onde saem os barcos que navegam pelo Lago de Todos los Santos, de águas cor de esmeralda, considerado o mais belo da região.

Os barcos deixam o povoado às 11h, porém, é melhor chegar antes das vans de excursão e garantir seu lugar, principalmente na alta estação. Os passeios podem tomar apenas duas horas ou se estender até o final da tarde. Os mais longos incluem almoço em Peulla, um lugarejo às margens do lago.

Indicamos a empresa Alsur Expediciones para realizar o rafting pelo Petrohué. Os profissionais são bastante experientes e muito bem treinados. Numa descida de aproximadamente 1h10, os participantes recebem treinamento completo, descem o rio com águas geladas, que nessa época têm temperatura por volta de 18ºC, e enfrentem as ondas, a correnteza e as pedras do rio que corre forte com suas águas transparentes. É possível vislumbrar imagens cinematográficas, tanto nas margens, como na descida do rio propriamente dita. Mais informações em: alsurexpediciones.cl

Bariloche bem pertinho

Há um passeio famoso oferecido pelas agências de viagem locais, em parte por terra, em parte cruzando os vários lagos, em territórios chileno e argentino. Sobe na van, desce da van, embarca, cruza um lago, embarca de novo na van, toma outro barco e assim vai até chegar a Bariloche. Não é preciso dizer que as vistas e o próprio passeio são espetaculares e obviamente, caros.

Porém, há ônibus diretos para Bariloche por muitíssimo menos, mas inteiramente por estrada de rodagem. Essa viagem você pode fazer também de carro. São uns 350 km. Todo o caminho é asfaltado. Como você atravessará trechos de montanha e terá que encarar as formalidades de alfândega e imigração, calcule pelo menos umas cinco horas de viagem.

Rotas dos mais importantes vulcões

Um dos vulcões mais escalados a partir de Puerto Varas é o Osorno. Não é necessário ser um alpinista experiente para fazer esse passeio, mas é preciso passar por uma agência especializada e realizar essa aventura acompanhado de um guia e com equipamentos adequados. No inverno, os cuidados devem ser redobrados e serão necessários apetrechos especiais.

Osorno e o imponente forte

Osorno é uma cidade maior, com 130 mil habitantes. Não tem nada de especial. O nome, porém, confunde muita gente: não é o lugar ideal para conhecer os lagos. Sua principal atração é o forte Reina Luisa, construído no final do século XVIII. Merece apenas uma rápida visita se você estiver indo ou voltando de carro de Santiago.

Chiloé

Chiloé é um arquipélago ao sul do Chile, formado por 30 ilhas, sendo a maior a Ilha Grande de Chiloé, onde ficam as cidades de Castro e Ancud, os dois principais centros urbanos da região e que servem de base para o turismo local. Só como exemplo, ao lado de cenas pitorescas de rebanhos de gado e ovelhas, há em Chiloé um grande conjunto de igrejas (feitas de madeira e construídas entre os séculos XVIII e XIX), que foram declaradas Patrimônio Mundial pela UNESCO. A dica é ir de manhã e voltar à noite.

Quem leva

Você pode comprar pacotes para o sul do Chile diretamente com as seguintes empresas no Brasil: cvc.com.br, flot.com.br e adventureclub.com.br. Ou, se desejar um roteiro mais personalizado, pode contar com todo o expertise da patagoniaexperience.com.br.

Onde ficar

Cabanã del Lago, em Puerto Mont – hotelcabanadellago.cl

Mais informações em: chile.travel / sernatur.cl

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva. O jornalista viajou a convite da Sernatur e do Governo Regional de Los Lagos, com a proteção do seguro viagem da GTA – Global Travel Assistance.

Fotos por: Cláudio Lacerda Oliva / @Libre Por La Vida